"Há um descuido e uma ignorância muito grande para um povo antigo como o nosso"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Presidenciais 2011
Sedes de candidatura

Sede nacional
Rua Marquês da Fronteira, nº 8 – Piso 1
1070-296 Lisboa
Telef: 21 191 43 43
Fax: 21 195 31 25

  1. Sempre que se justifique poderá ser instalada uma sede regional ou distrital para a campanha eleitoral.
  2. A constituição de sede deverá, sempre que possível, ser efectuada sem custos para a campanha, dando-se prioridade: a)A sedes cedidas pelos partidos e movimentos apoiantes da campanha; b)A cedências efectuadas por particulares (pessoas singulares) através de contratos de comodato. As pessoas colectivas não podem emprestar gratuitamente. c)A arrendamentos desde que autorizados pela campanha e que tenham cabimento orçamental.
  3. Sempre que o comodato exija obras ou se opte, excepcionalmente, pelo arrendamento, o Mandatário Finaceiro Distrital procurará angariar os fundos necessários para cobrir as despesas com obras ou rendas.
  4. Existem minutas de contratos que deverão ser solicitadas à assessoria jurídica da campanha na sede nacional.
  5. Os comodatos devem ser objecto de avaliação a preços de mercado e de contabilização.
  6. Os arrendatários (inquilinos) dos prédios urbanos podem destinar os prédios arrendados a sedes de campanha, seja qual for o fim do arrendamento e mesmo que o contrato de arrendamento proíba a cedência gratuita ou a sublocação onerosa (nesta hipótese, o valor cobrado não pode ser superior à renda em vigor).

Requisição de abertura de conta telefónica

Em cada sede de Distrito as candidaturas podem requisitar a instalação de telefone a partir da data da publicação do decreto que marque a data das eleições.