"Há um descuido e uma ignorância muito grande para um povo antigo como o nosso"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Presidenciais 2011
*
Manuel Alegre na Mesquita de Odivelas:
"É importante que Portugal se afirme como lugar de encontro e de paz"
29-10-2010

Muito obrigado pela vossa tolerância. A minha presença aqui hoje é a expressão de um claro compromisso. Se for eleito Presidente da República, serei o garante dos direitos, liberdades e garantias consagrados na Constituição da República Portuguesa, entre os quais avultam a liberdade de consciência, de religião e de culto de todos os cidadãos nacionais ou estrangeiros residentes.
Veja a intervenção na íntegra AQUI

*
Manuel Alegre no Funchal garante:
“Comigo na Presidência haverá respeito pela democracia em todo o território nacional”
26-10-2010

A partir de hoje, Cavaco Silva passará a ser, “em termos legais”, “um candidato como os outros”, afirmou Manuel Alegre esta tarde na inauguração da sua sede de candidatura no Funchal. “Não há novidade na sua recandidatura, nem no seu discurso”, acrescentou, explicando que “os seus apoios são praticamente os mesmos de há 5 anos, a principal diferença é que desta vez eu tenho mais apoios, porque tenho, não só aqueles que estiveram comigo há 5 anos, como desta vez o meu partido, o PS, o BE e muitos outros”. Manuel Alegre frisou também as diferenças que o separam de Cavaco Silva na concepção de democracia, uma “vivência de todos os dias”, garantindo que, se for eleito, “quando vier à Madeira será na Assembleia Regional que receberei os partidos políticos”. “Comigo na Presidência”, voltou a garantir Manuel Alegre, “haverá liberdade e respeito pela democracia em todo o território nacional.”
Veja os principais excertos do discurso AQUI

Manuel Alegre com Daniel Sampaio, mandatário por Lisboa
Manuel Alegre com Daniel Sampaio, mandatário por Lisboa
Manuel Alegre na inauguração da sede nacional em Lisboa:
"Desta vez é possível"
13-10-2010

Inauguramos hoje a Sede Nacional para que seja um espaço de mobilização e cidadania, porque foi da cidadania que esta candidatura nasceu e é para os cidadãos que ela existe. Há cinco anos, na noite em que foram anunciados os resultados, havia nesta sede jovens a chorar pelos 30.000 votos que faltavam para a 2ª volta. Na próxima noite eleitoral não quero ver ninguém a chorar, quero ver festa e alegria pela passagem à 2ª volta. Porque desta vez é possível. Em todas as sondagens, com números diferentes, a tendência é a mesma: Cavaco a descer, nós a subir.
Veja o discurso AQUI

Manuel Alegre em jantar de apoiantes em Braga:
"Se a nossa economia não cresce, vamos de recessão em recessão e nenhum povo pode viver assim"
07-10-2010

Amigos, companheiros e camaradas
Saúdo todos os presentes, saúdo na pessoa do meu mandatário e dos oradores que me precederam aqueles que me apoiam, cidadãos independentes dos movimentos cívicos e redes que estiveram na origem da minha candidatura, saúdo o Partido Socialista, saúdo o Bloco de Esquerda, saúdo todas os portugueses e portuguesas que estão com a minha candidatura e que querem fazer um movimento social capaz de impor a mudança de que Portugal precisa.
Veja mais AQUI

Manuel Alegre no Barreiro:
"Venho defender uma República moderna"
04-10-2010

Ser republicano hoje foi o mote da intervenção de Manuel Alegre no Barreiro, uma das três terras, com Loures e Moita, em que a República foi implantada a 4 de Outubro, há cem anos atrás. “Não venho para cumprir calendário, venho para defender uma República moderna”, garantiu. Uma república, explicitou, onde os direitos sociais sejam inseparáveis dos direitos políticos e em que os jovens posssam voltar a acreditar.
Veja mais AQUI
Veja excertos do discurso AQUI