"Corri riscos, estive com pessoas que pertencem à História. Tudo isso fez de mim aquilo que sou."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
Para todos os assuntos relacionados com o autor Manuel Alegre ou com a sua obra literária contacte rbreda@dquixote.leya.com
1 / 2
1 2
Maria Helena de A.B. e Baião
31-10-2010

Estamos a assistir hoje em 2010, ao desmoronar do grande sonho revolucionário. Portugal já não possui gente como Salgueiro Maia, que um dia disse "Há diversas modalidades de Estado: Os estados socialistas, os estados corporativos e o estado a que isto chegou!".
Mas parece-me que estas memoráveis palavras permanecem actuais e se aplicam ainda melhor hoje.
O lirismo, o idealismo puro, a coragem amassada em sangue, suor e lágrimas, foi comprada pelo capital com juros para toda a vida. Assim, a nossa vida passou a ser deles, que dela dispõem e sobre ela decidem. Esta candidatura resiste como pode à globalização. Talvez que o Dr. Manuel Alegre não seja economista. Mas o Dr. Cavaco Silva é e não é poeta. Não viu a crise chegar, nem verá a crise partir, porque a crise veio para ficar. E isso não lhe devia dar prémio nenhum. Não devia.

Abilio Quarenta
29-10-2010

Sr. Manuel,

Não sou de muitas palavras nem sei dizer bem as coisas, mas de um país que já teve tanto esta a ficar com o pé descalço para alguns porque para outros não pois podem mudar de calçado todos os dias.
Sr. Manuel, fale com o povo que pode o eleger para governante deste país, sinta o que se passa em volta de tudo, não é só dos coitadinhos, que muitos nunca fizeram nada pelo país e estão a receber dinheiro para estar em casa sem fazer nada.
Existe presos que podem e deviam já que estão a receber dinheiro, pelo crime que cometeu podia muito bem limpar estradas para evitar água nas estradas para evitar acidentes, florestas para limpar para evitar os fogos de longa duração a não ser que haja interesses que haja acidentes e haja fogos que duram muitos dias.
Sr. Manuel, dê alguma alegria para que os portugueses possam rir e andar de cabeça erguida.
Sou da freguesia do Cartaxo quando quiser vir pagar um jantar para falar sobre política ou para o Sr. desabafar esteja há vontade.

valdecir bittencourt
29-10-2010

hoje o sr pode estar atrás nas pesquisas
mais no dia da eleição sairá vitorioso
tem o meu voto e o meu empenho
e também as minhas ideias para fazermos de Portugal um pais melhor

Manuel Fernandes - Funchal
28-10-2010

Não precisamos de um PR narcisista que acha que nunca tem dúvidas e raramente se engana. Precisamos de um PR que saiba exercer as suas funções.
Não precisamos de um PR que quando era PM fugia aos debates com o líder da oposição. CS perdeu com Jorge Sampaio e escondeu-se na eleição seguinte. Manuel Alegre perdeu há cinco anos e está aqui de novo.
Não precisamos de um PR que quando era PM com maioria absoluta, criticava os vetos do PR acusando-o de força de bloqueio, alegando que o povo lhe dera uma maioria absoluta para governar. Confundindo maioria absoluta com poder absoluto. Uma vez PR CS veta diplomas de um governo a quem o povo dera uma maioria absoluta para governar.
Não precisamos de um PR que no passado mandou a polícia bater na polícia.
Não precisamos de um PR que despresava o parlamento fugindo aos debates.
Um povo sem memória será condenado pela história.
Portugal tem alternativa: Manuel Alegre, um Homem de coragem e um patriota.
Um abraço e um voto

Norberto Ferreira Duque
27-10-2010

Li com muita atenção a descrição do teu percurso militar; o teu principal opositor também cumpriu o serviço militar, com uma pequena grande diferença: nas alcatifas dos quartéis de Nampula, artificialmente classificada de zona 100%. Toda a gente conhece Nambuangongo e a pedra Verde
Há que desmascarar os "ziguezagueantes" manhosos

MANUEL S DUARTE
24-10-2010

nao ha ninguem que diga aos dirigentes sindicais que o tempo nao e para greves ?

Aristides Silva
24-10-2010

Faço minhas as palavras de Manuel Alegre, já não dirigidas ao Eusébio de outros tempos mas dirigidas ao próprio Manuel Alegre:

Há dribles que ninguém faz.
São toques e mais toques para o lado.
Falta alegria e festa.
Falta a surpresa,
alguém que remate, de repente,
contra a tristeza!

Precisamos de ti, mais uma vez,
de alguém que, onde é só cinza, seja fogo.
De alguém que chute de quarenta metros
e vire o jogo!

Alguém que rompa, de repente.
Alguém que venha e desempate.
Precisamos de ti, mais uma vez,
de teu rasgo, teu risco, teu remate.
Alguém que, finalmente,
marque um golo português!

Joaquim Gil
24-10-2010

Alguma comunicação social, certamente manipulada, garante que Cavaco Silva não vai a eleições, apenas vai dar um passeio. Estes senhores não terão consciência da esquerda sempre ter sido maioritária, em todos os actos eleitorais. Basta que ninguém que se identifique com a esquerda, vote no actual PR, para Alegre ser eleito. Mesmo aqueles socialistas que não se revêem no governo de Sócrates, devem recordar-se que o próprio Manuel Alegre também não concordou com tudo o que este governo fez. Um bom Presidente da República é aquele que está acima do partido de onde emergiu e o Poeta já demonstrou ter essa característica. Cidadãos de esquerda, se somos maioria, porque havemos de ser dominados pela minoria? Pensem nisso.

Andreia Macias
23-10-2010

A primeira vez que pude exercer o meu direito de voto, tive a honra de poder votar em si. Fá-lo-ei novamente, com as mesmas convicções!

Manuel Fernandes
23-10-2010

Há cinco anos, os portugueses convencidos de que para fazer face à situação das contas do país: sendo Cavaco Silva, um economista, era de entre todos os candidatos o mais indicado para PR. Debalde, se esforçaram os outros candidatos, a explicar aos portugueses que o PR não era Primeiro Ministro, nem Ministro das Finanças. Que quem governava era o governo e não o PR. Hoje, cinco anos volvidos, a situação económico-financeira do país agravou-se; o que prova que os pressupostos que levaram os portugueses a elegerem Cavaco Silva não tinham razão de ser.
Pergunte-se a todas as portuguesas e a todos os portugueses, se há hoje alguma razão para voltar a votar em Cavaco Silva?

José Carlos L.Pereira da Silva
21-10-2010

Meu caro candidato e amigo, Dr Manuel Alegre.
Sinto-me honrado de poder ter o prazer de ser seu apoiante, e poder defender com tenacidade o valor intrínseco da sua candidatura, mesmo dentro do nosso partido.
Considero-o um vulto tanto na poesia como na literatura, assim o atestam as honrosas condecorações de que é portador.

Não encontro nas outras candidaturas, as mesmas virtudes para exercer o cargo ao qual concorre.

Um grande abraço.
J.Carlos L.Pereira Silva

Manuel A. Filipe
17-10-2010

Nem me revejo noutro candidato!

Conheci pessoalmente o próximo presidente da Republica, na A.R., pois fui deputado eleito pelo P.C.P., entre 1987 a 1991. Para além da leitura dos seus Patrióticos e Humanistas poemas (desde os anos 70), a actuação do MANUEL, na casa da Democracia, sempre a defender os mais fracos a verdade e o próprio Socialismo, fez-me ver a dimensão de homem inteiro que é. Conta SEMPRE comigo Manuel.
José Prazer
16-10-2010

Sr Manuel Alegre,
de facto o PR é o último rácio e o último instrumento que um país tem à sua disposição para fazer face a uma situação de crise. Estranho o seu silêncio. Estranho muito. Tenho 45 anos e possuo uma licenciatura, vários cursos pós-graduação e 2 mestrados. Vivi os últimos 7 anos longe da família. Recebia cerca de 180,00 euros por esse afastamento. Tive vários dias em que entrava (num Ministério) às 06.30 e saía às 01h30. Nunca recebi uma única hora extraordinária.....Olho para o meu boletim de vencimento....olho para as estatísticas....comecemos por estas...curioso...estou nos 7% dos mais ricos em Portugal....dá vontade de rir....desconto 1.350,00 euros todos os meses....é verdade...e aufiro cerca de 1.870,00. Vou passar a receber 1620,00 e a descontar 1.500,00. Valeu a pena o sacrifício? Não valeu Sr. Manuel Alegre. Estou cansado de viver num país em que os políticos parece que se divertem a jogar o monopólio. É tempo de dizer BASTA!
José

José Gonaçlves
15-10-2010

Sou um cidadão anónimo, sem qualquer filiação partidária que nutre bastante simpatia e estima pela independência de espírito do Dr. Manuel Alegre. Todavia, afirmações como as que proferiu e que transcrevo “nenhum Governo vai pôr em causa o Serviço Nacional de Saúde, a Segurança Social, a escola pública e o conceito de justiça” são demagógicas e perigosas quando o modelo de estado social europeu, que a grande maioria da população tal como eu defende deve, para manter-se tem de ser repensado com profundidade e grande seriedade intelectual porque pode implodir dado o estado de autofagia económica em que vigora actualmente por toda a Europa.

Vitor Cunha
08-10-2010

Eu gostava de o ver na comunicação social a ser contra os roubos que nestes últimos anos têm sido vitimas os FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS....gostava de ver o seu grito de revolta.

Andre Filipe Marques da Cunha
05-10-2010

Caro Camarada,
As gentes da Guarda querem vê-lo de perto,
Grande Abraço e VIVA A REPÚBLICA

Amélia da Lomba
04-10-2010

Ontem foi noite marcada de buzinas algazarras de quem tinha o poder na espada

É de ti que vem a esperança de trazer sol às lembranças dum Portugal a florir

Trazes no rosto um dia claro
na vontade dos seguros, onde a paz é a bonança e canções o futuro

És capaz
pega o cajado
segue em frente na grandeza da poesia feita mesa de um povo que vai minguando, migas,toucinho de esforço

Segue irmão,
poeta e chega ao porto que te espera com as mãos cheias de marcas

Marcadas estão do passado, em que a luta é o fardo e nossos sonhos se juntaram

Segue poeta, vai em frente que de África sigo teus passos e aguardo ver a vitória, no teu rosto, onde tens marcado o dia claro. Amélia da Lomba-Angola

Joaquim Gil
03-10-2010

Está hoje a decorrer a eleição do Presidente do Brasil. É também um dia especial para a reflexão dos Portugueses, Lula é a prova provada de que não é imprescindível ser Dr. ou Engº. para desempenhar com eficácia, este cargo, sem dúvida, importantíssimo, este é, com toda a certeza, um lugar político, por isso, só um grande político, o poderá desempenhar convenientemente, de todos os candidatos, o político é MANUEL ALEGRE

José Luiz
02-10-2010

Homem que lutou, luta e lutará pela Liberdade. Homem Responsável que não tutela a Liberdade dos outros. Homem que mobiliza a Responsabilidade individual. Homem que promove um colectivo Responsável.
Um Homem que coloca a sua intelectualidade multidimensional ao serviço de todos, sem exclusões.
Voto Manuel Alegre por convicção.

Manuel Fernando Jesus Franco
02-10-2010

No Oriente nasceu a luz, a consciência e a sabedoria...
No Ocidente vive o Espírito irracional da emoção...
O Movimento da Luz ancorou na Lusitânia onde a poucos, mais uma vez foi confiada a Centelha Eterna do...Amor
Estamos prontos...outra vez!...e para sempre!

Manuel tudo ocorrerá de súbito, sem História e com Novidade...o rumo é efémero e o destino...é infinito! e esse é NOSSO.

1 / 2
1 2