"Um país tão antigo como o nosso não precisa de ser reinventado"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
Humberto Delgado em Coimbra, Maio de 1958
Humberto Delgado em Coimbra, Maio de 1958
No 51º aniversário do seu assassinato
Homenagem a Humberto Delgado
12-02-2016

No dia 13 de fevereiro, assinalam-se cinquenta e um anos sobre o assassinato bárbaro e cobarde de Humberto Delgado pela PIDE. Entretanto, o Governo acaba de decidir atribuir o nome de Humberto Delgado ao Aeroporto de Lisboa, não só pelo seu combate contra a ditadura, mas também pelo seu papel na criação da moderna aviação civil em Portugal. Foi Humberto Delgado quem presidiu à fundação da TAP, criando as primeiras linhas aéreas de ligação de Portugal ao mundo.

Humberto Delgado, o General sem medo, mudou as nossas vidas. Sem o seu exemplo, muitos de nós não seríamos o que somos hoje. Jamais esquecerei o dia da sua chegada a Coimbra, porque esse foi o dia que para sempre mudou a minha própria vida. “De peito para a bala ele corria”, escrevi no poema. Essa lição de inconformismo e coragem não pode nunca ser esquecida.
Manuel Alegre