"Na televisão, os comentadores de futebol substituíram grandes figuras da literatura portuguesa"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Manuel Alegre em entrevista ao Expresso:
Falta um Presidente que se faça ouvir
13-11-2010

Portugal precisa de um Presidente que se faça ouvir, defendeu Manuel Alegre em entrevista ao Expresso, explicando que há “um combate político que Portugal tem de travar”. Perante o novo eixo franco-alemão, afirma que “somos parceiros iguais da UE” e que “é grave que o PR tenha a posição de resignação e de conformismo em relação aos mercados”. “Merkel ameaça os credores, o que aumenta o risco” e faz subir os juros. “Isso é do domínio político, não é dos mercados”, diz Manuel Alegre. Interrogado sobre se o seu desafio aos jovens para se revoltarem não será uma utopia, respondeu: “Se me diz que acabar com a precariedade ou com estas angústias da juventude é uma utopia então eu digo-lhe: vamos lá fazê-la!”
Veja a entrevista AQUI

Manuel Alegre abordou na entrevista alguns temas que a versão editada em papel não incluiu na íntegra, como o Orçamento, a greve dos magistrados ou a corrupção. Sobre a corrupção, considerou que "Cavaco falou algumas vezes e bem" mas "devia ter falado mais, sobretudo sobre determinadas situações e certas impunidades muito visíveis com certos bancos e pessoas”.