"Sobretudo nas horas em que tudo / de repente se esvazia / e pesa mais que tudo esse vazio / ... / é precisa (mais que tudo) a poesia."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Manuel Alegre em mensagem aos emigrantes da Venezuela:
“Não esquecerei que onde está um emigrante está Portugal”
23-09-2010

“Não esquecerei que o Presidente da República assegura a representação nacional e que um onde está um emigrante está Portugal” escreve Manuel Alegre em mensagem que hoje será distribuída aos emigrantes portugueses na Venezuela. “A democracia faz-se com a participação activa de quem sabe o que custou a obter e o que custa todos os dias em esforço, persistência, abertura de espírito, capacidade negocial e boa-fé”, diz ainda Manuel Alegre, sublinhando a importância das próximas eleições presidenciais, em que seremos “chamados a escolher a pessoa que entendemos melhor simbolizar a Pátria”, que “durante 5 anos falará em nome de Portugal, tomará as decisões mais cruciais para o País” e defenderá a Constituição que é “o contrato em que se funda a relação entre o povo e quem em seu nome exerce o poder político”.

“Dei à liberdade muito da minha vida”, escreve ainda Manuel Alegre, que recorda: “Como vós estive muitos anos longe do meu País”. Depois de apresentar as razões essenciais da sua candidatura, Alegre manifesta a sua convicção de que “a próxima eleição para a Presidência da República, em 2011, será um momento solene para a afirmação da vossa pertença efectiva à grande Comunidade Portuguesa e reforçará os laços que unem Portugal a todos os portugueses espalhados pelo Mundo.”

Leia a mensagem AQUI