"Sobretudo nas horas em que tudo / de repente se esvazia / e pesa mais que tudo esse vazio / ... / é precisa (mais que tudo) a poesia."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Segunda volta das presidenciais é possível
Alegre sobe mais de 10 pontos desde Março
19-09-2010

A segunda volta das presidenciais é possível se se derrotar a abstenção, como António Carlos dos Santos afirmou no sábado passado no CCB. Manuel Alegre, na primeira volta, atinge os 32,1 por cento das intenções de voto, segundo sondagem da Aximage hoje publicada no Correio da Manhã. Não sabemos a pergunta que foi colocada nem como foram feitas as projecções de voto, mas a comparação com anteriores sondagens da Aximage mostra que Manuel Alegre, desde Março de 2010, passou de uma intenção de voto de 21,60% para os actuais 32,10%, descolando assim com uma subida de mais de 10 pontos que nenhum dos outros candidatos registou.

Cavaco Silva tinha, em Março, uma intenção de voto de 56%, registando agora 58%, uma variação que está dentro da margem de erro desta sondagem (que é de 4%). Mais relevante ainda, Cavaco Silva já atingiu o pleno dos eleitores sociais-democratas (91%) e recolhe a maioria dos apoios dos centristas (63,7%). Quanto a Manuel Alegre, reúne 47,1% das intenções de voto dos eleitores socialistas e 68,6% dos eleitores bloquistas, havendo pois uma larga franja do eleitorado onde Manuel Alegre tem fortes possibilidades de subir.

Estes valores confirmam a tendência para uma forte bipolarização da campanha presidencial entre Manuel Alegre e Cavaco Silva. Registe-se que a sondagem foi realizada entre 6 e 9 de Setembro, antes ainda do discurso de Manuel Alegre no Centro Cultural de Belém. Quanto aos restantes candidatos, Fernando Nobre cai para 5,4% e Francisco Lopes aparece pela primeira vez com 4,4%.