"Se publicasse as memórias, lá apareceria o Kurika como companheiro"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
JS vê "com bons olhos" candidatura presidencial de Alegre
20-01-2010 Lusa

O secretário-geral da Juventude Socialista, Duarte Cordeiro, afirmou hoje ver “com bons olhos” a intenção de Manuel Alegre de se candidatar à Presidência da República, considerando que o histórico socialista é um candidato “potencialmente vencedor” a Belém.

“Vemos com bons olhos a manifestação de intenção de ser candidato. Achamos que é nestas alturas que deve ser manifestada essa posição, não mais tarde”, disse Duarte Cordeiro no Parlamento, frisando que a posição é assumida enquanto secretário-geral da “jota” socialista, “em nome” da direcção nacional da estrutura.

“O apoio será dado no seu tempo certo, nos órgãos nacionais da JS”, especificou, acrescentando: “A partir do momento em que há um anúncio formal da parte dele em ser candidato há uma manifestação da nossa parte em entender que sim, que há um espaço que ele ocupa no qual nós nos revemos”.

Para Duarte Cordeiro, Manuel Alegre personifica uma “candidatura
abrangente”, que “não se focaliza numa esquerda em concreto e engloba sectores da direita “, “ocupa um espaço muito importante” e pode fazer mesmo “com que a esquerda convirja”.

“Pode ser um candidato potencialmente vencedor que faça com que a Presidência da República assuma um papel diferente do que tem assumido, menos conservador, com maiores preocupações sociais, menos conservador do ponto de vista económico. Há muitas coisas que não nos fazem rever do discurso e nas posições políticas de Cavaco Silva e que achamos que é necessário uma postura diferente na Presidência da República e o Manuel Alegre ocupa esse espaço”, considerou.

Manifestando-se convicto que o PS dará o seu apoio a Manuel Alegre – “Penso que sim, é a pessoa mais bem posicionada para ser o candidato da esquerda à Presidência da República”, disse – o secretário-geral da JS subscreveu o “timing” escolhido pelo histórico socialista para manifestar a sua intenção de avançar para Belém.

“Até foi benéfico a manifestação de intenção ter sido agora porque dá tempo para o PS discutir o processo sem que estejamos em cima das eleições presidenciais. Até foi bem escolhido o timing por parte de Manuel Alegre”, advogou.

Sobre o “timing” para o PS se pronunciar sobre a candidatura de Alegre, Duarte Cordeiro manifestou concordância com a posição já assumida pelo líder parlamentar socialista, Francisco Assis, que remeteu a decisão socialista para depois da discussão do Orçamento de Estado.

“Não discordo das palavras de Francisco Assis. Acho que agora nos devemos concentrar no Orçamento de Estado e posteriormente o PS tem tempo para discutir”, disse.