"Nada está adquirido, tudo está a andar para trás muito depressa"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Manuel Alegre sobre Maria Teresa Horta: “Sempre a vi enduendada”
11-05-2019

Manuel Alegre foi um dos autores presentes na homenagem a Maria Teresa Horta que decorreu entre os dias 8 e 10 de maio no Congresso Internacional promovido pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Para Manuel Alegre, que interveio ontem, a escrita de MTH “é uma sublevação de linguagem, uma insurreição poética e, de certo modo uma revolução moral, porque restituiu às palavras a sua verdade e ao corpo o seu direito à santidade do prazer.” O poeta confessou que sempre viu “a Maria Teresa enduendada.” E alertou: "Dir-se-á que a revolução sexual está feita e a liberdade consagrada na Constituição. Mas eu creio que nada está adquirido, porque tudo está a andar para trás muito depressa."
Veja o texto integral de Manuel Alegre sobre Maria Teresa Horta AQUI