"Na televisão, os comentadores de futebol substituíram grandes figuras da literatura portuguesa"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Manuel Alegre na ADFA:
21-11-2019

"Há um livro por escrever e que provavelmente nunca será escrito, afirmou Manuel Alegre na Conferência "A literatura da guerra colonial e a guerra colonial na literatura", promovida pela Associação Portuguesa de Deficientes das Forças Armadas no passado dia 21 de novembro. "Chamar-lhe-ia Livro do Silêncio", acrescentou o poeta, explicando: "Esse livro não está escrito. É o livro do silêncio de muitos silêncios feito. Está dentro de todos nós, os que andámos na guerra."
Veja a intervenção integral de Manuel Alegre AQUI Ler mais

*
20-11-2019 SIC Notícias e Jornal da Bairrada

Manuel Alegre quis oferecer "Alma" aos alunos da cidade onde nasceu. Foram 250 exemplares de um dos livros mais vezes editado do autor, um romance inspirado na Águeda da sua infância, entregues pessoalmente aos alunos do 12º ano. O poeta defendeu a necessidade de leitura, apesar de também ele "ir ao google", e uma escola pública exigente e de qualidade.
Veja a reportagem da SIC Notícias AQUI Ler mais

*
Dia 15 de novembro em Águeda
12-11-2019 Facebook Manuel Alegre escritor

Na próxima sexta-feira, 250 alunos do 12.º ano da Escola Secundária Marques de Castilho vão receber das mãos de Manuel Alegre um exemplar do romance Alma e, no dia seguinte, na Biblioteca que tem o seu nome, haverá uma apresentação de Os Sonetos, uma antologia que reúne alguns dos sonetos do poeta aguedense.
Acontece tudo isto, em Águeda, a propósito das comemorações do 10.º Aniversário da Biblioteca Municipal Manuel Alegre. Ler mais

*
11-11-2019

No dia 11 de setembro de 2009, o corpo de Jorge de Sena foi trasladado para o cemitério dos Prazeres, numa cerimónia que Manuel Alegre criticou como "quase clandestina". No antigo site do ex-deputado, Manuel Alegre defendeu que o seu lugar era no Panteão Nacional. «Daqui a muitos anos terá sido esquecido o que entre nós nesse dia se passou. Mas saber-se-á com certeza que o dia 11 de Setembro de 2009 foi o dia em que ficou finalmente sepultado em Portugal o poeta Jorge de Sena», escreveu. Ler mais