"Há uma crise de representação e essa é a causa do populismo"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
Artigo de Manuel Alegre no Público
24-11-2016 Público

"Os povos não se sentem representados por aqueles em quem votaram. Deixaram de acreditar em alternativas dentro do sistema. Estão zangados e sentem-se traídos" escreve Manuel Alegre em importante artigo intitulado "Humildade democrática", hoje publicado no jornal Público. Para o autor, "a pulsão centrista e a arrogância tornaram-se a mãe de todos os populismos. Os ventos sopram num sentido perigoso. Não se via nada assim desde os anos trinta", alerta, recordando que "foi a traição aos princípios e a abdicação da nossa família política europeia que nos atiraram para o abismo."
Veja o artigo integral AQUI Ler mais

*
16-11-2016

Manuel Alegre foi ontem eleito sócio efectivo da Academia das Ciências de Lisboa, na Classe de Letras, 1ª Secção – Literatura e Estudos Literários. A decisão abrangeu também Hélder de Macedo, passando agora os dois autores a partilhar com Artur Anselmo, Teresa Rita Lopes e Eugénio Lisboa a pertença àquela secção da secular Academia, fundada em 1779. Ler mais

*
06-10-2016 Site da Presidência da República

No dia em que se comemorou o 106.º aniversário da Implantação da República, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa agraciou, em cerimónia no Palácio de Belém, com a Grã-Cruz da Ordem Militar de San’tiago de Espada, Manuel Alegre, pelo seu contributo para a língua e cultura portuguesas. Ler mais

*
15-06-2016 Lusa e RTP1

O escritor Manuel Alegre irá receber um doutoramento honoris causa da Universidade de Pádua, em Itália, revelou hoje à agência Lusa a editora D. Quixote. O poeta será doutorado honoris causa em Línguas e Literaturas Modernas Europeias e Americanas, seis anos depois de a Universidade de Pádua ter criado a Cátedra Manuel Alegre, destinada ao estudo da Língua, Literatura e Cultura Portuguesas. Ler mais

*
22-05-2016

Camões foi o lugar de encontro com Camilo Pessanha, Herberto Helder, Mário Cesariny e tantos outros, no programa “A Ronda da Noite”, de Luís Caetano, na antena 2, emitido em 18 de maio. "Devemos a Camões a fundação da língua", lembrou Manuel Alegre, cujo livro “Vinte Poemas para Camões” acaba de ser reeditado pelas Publicações Dom Quixote e estará disponível nas livrarias já esta semana. Ler mais

*
22-07-2016

Manuel Alegre encerra neste sábado a Conferência Internacional “Encarceramento colonial no século XX: uma abordagem comparativa”, que decorre de 21 a 23 de julho no Museu do Aljube - Resistência e Liberdade, com a apresentação do livro “Papeis da Prisão: apontamentos, diário, correspondência (1962-1971)”, de Luandino Vieira, editado pela Caminho. Manuel Alegre conheceu Luandino Vieira na prisão de S. Paulo, em Luanda, em 1964; e Luandino seria responsável pela salvação de alguns poemas de Manuel Alegre, escritos na cadeia e que Luandino conseguiu passar para o exterior. Ler mais

*
Manuel Alegre em Braga, na entrega do prémio DST:
04-07-2016 com Diário do Minho de 3.7.2016

“Às vezes só os poetas podem dar este grito de libertação”, afirmou Manuel Alegre em Braga, na cerimónia de entrega do grande prémio literário dst ao seu livro de poemas “Bairro Ocidental”, lembrando Luís de Camões. O poeta acusou os políticos portugueses de não saberem nada de história. «Só quem não percebe nada de história pode permitir um insulto a Portugal como aquele que fez o ministro das finanças alemão, Schäuble», afirmou. Ler mais

*
Manuel Alegre saúda a coerência do ex-secretário geral do PSOE:
30-10-2016 Lusa

"Como militante histórico do PS, quero saudar a coerência política e ética do ex-secretário-geral do PSOE Pedro Sánchez, que se manteve fiel à sua posição e aos eleitores e militantes que nele confiaram” disse Manuel Alegre à Lusa. “Pedro Sánchez renunciou ao seu estatuto de deputado para não ter de cumprir uma linha política de abstenção imposta pela atual direção provisória do PSOE", disse ainda Manuel Alegre à agência Lusa, a propósito do gesto do ex-líder do PSOE, que renunciou ao lugar de deputado para não viabilizar a eleição de Mariano Rajoy como primeiro-ministro espanhol. Ler mais

*
Manuel Alegre ao Expresso:
01-10-2016 Expresso, excerto, título nosso

A entrega do forte de Peniche à exploração por privados, como pretende o ministro da Economia, “é um atentado a um dos locais mais puros e sagrados da nossa história”, denuncia Manuel Alegre. O histórico socialista recorda o forte, destino de muitos presos políticos durante o Estado Novo, como “um local de sofrimento mas também de glória — onde, em certo momento da nossa história, os únicos verdadeiramente livres eram os que ali estavam presos”. Não vê como isso possa ser compatibilizado com uma exploração privada: “O forte de Peniche pertence ao país”. Ler mais

Arquivo 2005-2009
Discurso Directo
*
26-11-2016

Não, não vou dizer mal de Fidel no dia da sua morte. Para muitos da minha geração, ele será sempre o homem da Sierra Maestra, o revolucionário que inspirou outras resistências e outras lutas de libertação. Nunca se rendeu, abandonou o exercício do poder e morreu como um vencedor. Goste-se ou não é uma das grandes figuras do século XX.

Manuel Alegre Ler mais